'Retrocesso inaceitável', diz FHC sobre mudança na lei de combate ao trabalho escravo


O ex-presidente usou sua página no Faceboook para condenar a medida

O GLOBO



O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso usou sua página no Facebook para criticar a portaria do Ministério do Trabalho que modifica a lei de combate ao trabalho escravo. Segundo ele, a medida representa um "retrocesso inaceitável".

Em seu texto, publicado na manhã desta quarta-feira, FH faz um apelo ao presidente Michel Temer, para que reveja "esta decisão desastrada".

Fernando Henrique lembrou ainda os avanços feitos no sentido de coibir tais práticas em 1995, e disse ser inaceitável que dificultem sua fiscalização.

Veja abaixo o texto completo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário